É Oficial: ACPP recebeu hoje certificação única na Europa em cozinha tradicional japonesa

Certificação cozinha tradicional japonesa

Foi Formalizado hoje o Protocolo que concede a Portugal um nível de certificação e especialização em cozinha Japonesa inédito na Europa.

A cerimónia que contou com os representantes máximos da escola de cozinha japonesa, cuja ligação à associação portuguesa vai permitir uma padronização com os métodos de ensino da cozinha tradicional japonesa – washoku.

Certificação única na Europa em cozinha tradicional japonesa

Conforme referiu Presidente da Escola Nipónica Professor Masaru Watanabe “Há 500 anos os Portugueses levaram a cultura portuguesa até ao Japão, está na altura de retribuir esse conhecimento, através desta oportunidade de parceria”, para Carlos Madeira, o maior desafio é desmistificar a questão do sushi “quando todos falam de Cozinha Japonesa é apenas Sushi, e a Gastronomia Japonesa é muito mais do que isso”.

Miguel Bértolo evidenciou o lado Saudável desta Cozinha, o respeito pela Natureza e pela Natureza dos Produtos, como ponto Fundamental.

O evento assinalou, também, o início do primeiro curso ao abrigo do protocolo. Com arranque a 17 de Abril e duração de três meses, este curso é dedicado ao sushi à “street food” japonesa, com os pratos da cozinha japonesa que portugueses e europeus conhecem melhor, oferecidos na restauração ocidental.

O programa de formação será composto por dois cursos, sendo o segundo mais exigente, direcionado a profissionais. Abrirá anualmente, com a duração de um semestre. Estará dividido em dois módulos, a decorrer entre setembro e março e terá a capacidade que neste momento têm as cozinhas disponíveis na ACPP, para até 15 alunos por curso.

Os cursos abrem em Portugal, mas por serem únicos na Europa estão já de olhos postos nos alunos estrangeiros que possam captar em Espanha, França, Bélgica e Holanda, mercados com muita procura de mão-de-obra especializada em cozinha tradicional japonesa e aos quais as escolas no Japão não estão a conseguir dar resposta.